quarta-feira, 28 de outubro de 2009

Jane Austen

Assisti hoje " O clube do livro de Jane Austen ", uma comédia romântica, daquelas bem água com açucar mesmo, mas boa. Histórias de mulheres de diferentes idades e diferentes problemas pessoais, resolvem montar um grupo de leitura para " amenizar " um pouco seus problemas e suas vidas lendo todas as obras de Jane Austen.
O bacana do filme é que ele marca muito bem essa relação do leitor com determinados livros, quando nos transferimos para a história ou nos projetamos em personagens. Em dado momento uma das mulheres está prestes a trair o marido, basta para ela esperar que o sinal fique verde para que ela atravesse a rua e encontre o amante. Mas quando o sinaleiro fica verde, o WALK passa a piscar como O QUE JANE FARIA? Uma personagem de Jane Austen trairia o marido? Atravessaria a rua ou voltaria para casa? Não são todos os livros que têm esse poder, isso é fato. Mas quando isso acontece, quando você se imagina na pele do protagonista, ou vê nele um exemplo de conduta, é algo muito especial.

Vale a pena ir a locadora e procurar para assistir.

Na verdade, fiquei com vontade de ler os livros de Jane Austen.
Entrei no site da submarino e comprei " Orgulho e Preconceito " acho que é um bom começo.
Alguém já leu?

Dando uma pesquisada a mais, encontrei algumas coisas legais sobre a vida de Jane Austen.
Segundo o Wikipédia, Jane Austen (16 de dezembro de 1775 - 18 de julho de 1817) foi uma escritora inglesa proeminente, considerada por alguns como a segunda figura mais importante da literatura inglesa depois de Shakespeare. Ela representa um exemplo de uma escritora cuja vida sem grandes sobressaltos em nada reduziu a estatura da sua ficção.
O único retrato conhecido de Jane Austen é um esboço colorido feito por Cassandra, que por sua vez, era sua irmã mais velha, se encontra agora na National Gallery em Londres, Inglaterra.


E alguns cliques a mais no google, encontrei algo que me apaixonei.
Ela não era apenas uma escritora maravilhosa, também era muito habilidosa com trabalhos manuais. Como exemplo a colcha de retalhos feita por volta de 1811, um trabalho conjunto com sua mãe e a irmã Cassandra que encontra-se atualmente Chawton House Museum. A colcha tem 64 diferentes desenhos impressos ou pintados em chita e foi toda costurada à mão. Tecidos, principalmente os estampados, eram caros na época e certamente foi um trabalho quase de colecionador .

Não é lindo?

As Obras:

• Lady Susan (1794, 1805)
• Razão e Sensibilidade ( 1811 )
• Orgulho e Preconceito (1813)
• Mansfiel Park (1814)
• Emma (1815)
• Abadia de Northanger (1818)
• Persuasão (1818)

enjoy!

3 comentários:

Aline Aimée disse...

é ótimo!
vc vai gostar!
"razão e sensibilidade" virou filme com a emma thompson e a kate winslet.
"o clube..." é bem interessante tb!

beijo!

Quesia disse...

Olá Karina!!!

Acompanho seu blog já há algum tempo, diga-se de passagem... Aaaadooooro!!!

Vários filmes que vc postou eu já assisti e pude de certa forma "ver seu ponto de vista" que muitas vezes bateu com o meu e também fazer as minhas próprias análises e impressões.

Gosto muito da Jane Austen, é uma excelente escretora e a história da vida dessa mulher, é muito forte... Posso dizer, uma mulher a frente de seu tempo/época.

Tenho os livros, tenho o filme "Orgulho e Preconceito" que além do texto que é muito bom, também tem um trabalho de fotográfia ótimo(me encantei com a sensibilidade com que as cenas foram tomadas).
O Clube de leitores de Jane Austen é bem legal, simples, mas com boas sacadas/ mensagens.

Bom... Falei de mais.

Vou continuar passando por aqui e no seu fotolog.

Boas energias!

Qué

www.fotlog.com/que_nega

Quesia disse...

Ah... rsrs...

Tomei coragem de "invadir um pouquinho" seu espaço e deixar o primeiro post nos comentários.

: )