quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

A primeira receita de verdade

Não sei bem distinguir o que eu estou fazendo, mas desde que o ano virou, não como mais carne vermelha. Sem causas e sem rótulos, nunca fui muito chegada a carne. 
Na adolescência, fui Vegan por 5 anos. Dos 14 aos 19. Nessa época sim, era mega ativista dos animais, não consumia nada animal, nem em roupas, cosméticos, nem nada, levantava bandeira, todas essas coisa, etc. Daí deixei de ser vegan, depois só vegetariana e depois voltei a comer tudo.
Hoje, vários anos depois, decidi cuidar da minha alimentação, já estou com 31 anos e não quero viver de filé de frango e salada então decidi parar com a carne vermelha, sem dificuldades, sem rótulos, sem me encaixar em nenhum "grupo" . E se eu sentir vontade, vou comer sim. 
Porém, comi peixe, comi frango esses dias e me deu uma enojada. Então tenho cozinhado minha comida tentando manter minha alimentação saudável, pra mim, pro meu corpo. E olha, está fazendo uma diferença absurda.
Nunca fui muito boa no fogão não, nem pra cortar cebola em cubinhos era boa, mas agora, estou sentindo prazer enorme em preparar minha comida, formular e analisar o que vou comer pra não faltar nada de vitaminas e proteínas pro meu corpo.

Voltei com a soja, aqui em Jundiaí é praticamente impossível achar soja texturizada pequena no supermercado, então comprei a grande, relembrei como fazia lá atrás e ficou bom, deixei de molho 20 minutos na água quente, escorri, torci na toalha pra tirar a água, refoguei com shoyo, azeite, cebola e alho e molho de tomate e ficou ótimo, porém, no brasil, nossa soja é cheinha de agrotóxicos e não sabemos realmente se é bom comer tanta soja assim. E detalhe, dá gases. Não curti. E fora que não sei muito variar.... e comer soja com molho todo dia tava chato. 
Daí pedí ajuda prazamigue veggies. 
Receitas para variar meu cardápio e recebi várias mensagens com links de sites legais. 
Hoje entrei nesse blog Tempero Alternativo e me deu uma luz! 
Cozinhar comidas vegetarianas ou vegans é MUITO mais fácil e simples do que eu imaginava. Vai bem menos temperos, muito mais rápidos, só ter noção de dividir os grupos, carboidrato, proteína, vegetais e folhas e pronto, um prato delicioso e nutritivo. 
E fora que é muito legal vc cozinhar pro teu corpo. O prazer de estar comendo algo que vai te fazer bem.

Hoje eu durmo melhor (durmo pois ando tão cansada com as férias das meninas que se eu não dormir também.....) mesmo com pouco tempo nessa nova alimentação e ainda me adaptando, vou ao banheiro mais saudavelmente (precisamos falar sobre isso né? sem pudores por aqui)
Tô curtindo, tá legal e quero muito manter assim por muuuiitto tempo.

Fiz um jantarzinho hoje TÃO fácil e saboroso e aqui vai a receita.

MEU MACARRÃO DE ABOBRINHA COM BATATAS RÚSTICA E BRÓCOLIS GRANDÃO





Batatas médias/grandes 
Abobrinha
Brócolis grandão
Sal/ sal grosso 
Azeite
Alecrim

Corte as batatas em palitos com casca como na foto, daí ferva a água e quando levantar fervura, jogue as batatas cortadas por exatos 6 minutos. Elas tem que amolecer mas não tanto. 
Passados os 6 minutos, retire as batatas com uma espumadeira, reserve a água fervente na panela.
Deixe as batatas esfriarem um pouco e ficarem mais sequinhas, quanto mais frias e secas, mais crocante elas ficam.   Aqueça o forno e coloque as batatas regadas ao azeite, sal, sal grosso e alecrim por 30 minutos. 

O macarrão de abobrinha nada mais é que a abobrinha cortada fininha. 
Com ralador faça tiras fininhas, se prefirir, pode cozinhar a abobrinha ou comer crua, das duas formas fica gostoso. 
Na mesma água da batata, em água fervente, coloque por 30 segundos e tire o macarrão de abobrinha.
Poderia ter reforgado ela, mas ficou bom sem nada. 

E na mesma água da batata e da abobrinha, coloque na água fervente com folhas e tudo o brócolis grandão, no máximo por 4 a 5 minutos, quanto mais a gente ferve pra deixar molinho, mais vitaminas perdemos dos alimentos e por isso utilizei a mesma água pra tudo, fica tudo ali. O brócolis, ficou verde bem verdão, tira! 
Se eu fosse fazer um arroz, jogaria essa mesma água da batata, da abobrinha e do brócolis no arroz. 

Um jantar barato, fácil, não tão rápido por causa das batatas, porém delicioso, nutritivo e Vegan!



Me conte depois se fizer como ficou e quem tiver mais receitinhas legais, me mande, estou precisada!

Enjoy!

* * * 

2 comentários:

Tatiana Ralsky disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Karina Kohatsu disse...

Olbrigada! conforme eu for experimentando vou colocando aqui. <3